OK

OK Cancelar

Obrigado

Fechar

O cabelo e a Vitamina D: com o Outono, vem a queda?

  • Favoritos

Regresso à rotina, ao trabalho, aos dias mais cinzentos e onde a criatividade é posta à prova no momento de decidir novos planos. O Outono chega e leva consigo os cabelos cheios de ondas criadas na praia, os dias soalheiros e a Vitamina D. E com a chegada de mais uma mudança de estação há também alterações a que deve prestar atenção, como a queda de cabelo sazonal, um problema que pode ser catalizado pela carência da vitamina do sol. Fique a par do que realmente acontece ao seu cabelo (e pele) numa nova estação e tome as medidas necessárias.

A mudança de estação influencia a qualidade e textura da sua pele e cabelo?

Sim. As estações mais frias estão, por exemplo, associadas a sinais visíveis de pele seca e a cabelos mais quebradiços e com tendência a cair.(1) Isto acontece devido a fatores ambientais como o excesso de humidade e vento. Além disso, a pouca exposição solar contribui para níveis deficientes de Vitamina D no organismo, o que pode influenciar o ciclo de vida capilar e a vitalidade da sua pele.(2)

Qual é a função da Vitamina D no nosso organismo?

Também conhecida como “vitamina do sol”, é produzida quando o corpo é exposto à luz solar, criando uma reação química no organismo.(3) Esta ação é convertida numa força muito importante para o nosso bem-estar, contribuindo assim para assegurar o crescimento regular dos seus cabelos e para a absorção correta de cálcio no organismo.(4) Cerca de 10 a 20 minutos por dia ao sol são suficientes para manter os níveis de Vitamina D recomendados no organismo.

Quais os sintomas de falta de Vitamina D?

Os sintomas podem ser diferentes de pessoa para pessoa mas, normalmente, incluem queda de cabelo, fadiga, depressão, insónia, dores de cabeça e costas.(5)

E quando envelhecemos, é igual?

A capacidade de a pele fixar a Vitamina D diminui com a idade; contudo, uma exposição solar regular e responsável pode ajudar a manter os níveis indicados.(6) Mas atenção: os excessos são igualmente perigosos. Adote uma atitude defensiva com um protetor solar adequado ao seu tipo de pele durante todo o ano, sempre à mão.

E como prevenir a queda de cabelo sazonal?

Uma fonte adicional de Vitamina D, além do sol, pode ser encontrada na alimentação, embora este fator, só por si, não seja suficiente.(7) Os peixes mais gordos como o Salmão e a Cavala, o óleo de fígado de peixe e alguns mariscos, os ovos, o leite e o queijo são bons aliados, que devem ser complementados com a sua “dose diária de sol”.

Outras maneiras de olhar pelo seu cabelo nas mudanças de estação podem incluir:

  • Limitar o uso de secador, placas térmicas ou instrumentos que possam fragilizar ainda mais os fios de cabelo. Nunca os utilize com temperaturas acima de 200º e, no caso dos modeladores, com os cabelos molhados.
  • Use um cuidado antiqueda com Aminexil, uma molécula que favorece um cabelo forte na raiz, no couro cabeludo e nas pontas. Uma ampola por dia e ao final de 3 semanas já sente uma redução visível da queda. Utilize durante 6 semanas para uma eficácia completa.
  • Aposte num condicionador e champô estimulante complemento antiqueda que complementem a ação das ampolas e tornem o seu cabelo mais brilhante, resistente às agressões e fácil de pentear.
  • Não lave o cabelo todos os dias e utilize água tépida nas lavagens.

(1) Messenger, A.G. 'Hair through the female life cycle.' in British Journal of Dermatology 165.3(2011) pp.2-6 [Accessible at: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/22171678]

(2)Mostafa, W. et al, "Vitamin D and the skin: Focus on a complex relationship: A review" in Journalof Advanced Research 6.6 (2015) pp. 793-804 [Accessible
at:https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4642156/]

(3) Nair, R. et al, 'Vitamin D: The “sunshine” vitamin' in Journal of Pharmacology &Pharmacotherapeutics 3.2 (2012) pp. 118-126 [Accessible at:https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3356951/]

(4) DeLuca, H.F. 'Overview of general physiologic features and functions of vitamin D.' in TheAmerican Journal of Clinical Nutrition 80.6 (2004) pp.1689-96 [Accessible at:https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/15585789]

(5)Khan, Q.J. et al, "How I Treat Vitamin D Deficiency" in Journal of Oncology Practice 6.2 (2010)
pp. 97-101 [Accessible at: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC2835491/]

(6)Morris, H.A. "Vitamin D: A Hormone for All Seasons - How much is enough? Understanding the
New Pressures" in The Clinical Biochemist Reviews 26.1 (2005) pp. 21-32 [Accessible at:https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC1240026/]

(7) Nair, R. et al, 'Vitamin D: The “sunshine” vitamin' in Journal of Pharmacology &
Pharmacotherapeutics 3.2 (2012) pp. 118-126 [Accessible at:https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3356951/]

Produtos sugeridos

  • Best-seller

    {Produto_Nome}
  • {Produto_Nome}
  • {Produto_Nome}
  • Outros artigos sugeridos

    go to top