NOVO  Informações-chave sobre a política de cookies do nosso site. Descubra aqui.  Agora.

Se não tiver qualquer acção o sistema irá assumir que aceitou a nossa política de cookies.

Fechar

getGeoIPCountryCode = SiteAppCode = PT Test : 'PT/'

A marca Vichy está empenhada em preservar a confidencialidade dos dados pessoais que você transmite através deste formulário. Os dados pessoais recolhidos através deste formulário estão sujeitos a um tratamento concebido exclusivamente para Vichy, para efeitos de gerir o seu registo e gestão de orientação ao consumidor. Sob este tratamento, concordo que meus dados são transferidos em subsidiárias no exterior da UE, alguns deles não têm um nível adequado de protecção na acepção da Lei de Protecção de Dados e Liberdade.

Tem o direito de excluir dados de acesso, rectificação e oposição que lhe dizem respeito. Você pode exercer esse direito, a qualquer momento, enviando um e-mail para  [email protected]

Pode consultar a qualquer momento o seu Política de protecção de dados pessoais e as nossas Menções Legais.

OK

OKCancelar

Obrigado

Fechar

8 Dicas para recém-mamãs saudáveis e felizes

8 Dicas para recém-mamãs saudáveis e felizes
  • Favoritos

No colo da mãe é o nome do blog da Andreia David. A guestblogger deste mês deixa-lhe 8 dicas baseadas na sua experiência, às recém-chegadas a este universo de choros, chuchas e alegria. Afinal, são as pequenas coisas como o descanso certo, a sua alimentação ou a forma de tranquilizar a sua mente, que farão a diferença na forma como vê e sente a maternidade.

Ser mãe muda uma vida por completo. Durante os primeiros meses, poderá sentir um turbilhão de novas sensações. O seu bebé precisa muito de atenção e, se não cuidar do corpo e mente, será impossível ter a energia necessária e estar em forma. Esta é uma fase temida por muitas mulheres, pelo receio do desgaste físico e emocional próprios desta altura. Experienciei essa sensação, após o nascimento do meu primeiro filho, o Guilherme. Sentia-me feliz, mas demasiado exausta e ansiosa, o que não me deixou desfrutar completamente dos primeiros tempos de vida dele. Depois disso, tentei perceber os motivos e o que podia fazer diferente quando voltasse a ser mãe. Estas são algumas das dicas que resultaram desta pesquisa, para que o pós-parto seja, também, uma fase maravilhosa para disfrutar em pleno do seu maior amor.

Dica 1 – Fazer uma sesta!

Aproveite as sestas do seu filho para descansar. Os bebés acordam de noite com várias necessidades, por vezes, com intervalos muito curtos. O sono passa a ser interrompido com frequência e, para manter o bem-estar, é fundamental saber encontrar o seu tempo, de forma a recuperar.  As mães acabam por ter a tendência de querer assumir tudo, têm mais dificuldade em delegar tarefas e acabam por senti que o tempo escasseia. Mas lembre-se, a casa pode esperar, a roupa também, as visitas ficam para depois e o mais importante: é o descanso e sanidade mental. Com a minha segunda filha, a Laura, esta dica permitiu-me aproveitar ao máximo os momentos.  Por vezes dormia, outras aproveitava apenas para relaxar enquanto via uma série. Ficava revitalizada, mais tranquila e isso refletia-se no sono dela também.

Dica 2 – Sendo possível, amamentar.

A amamentação não é apenas benéfica para o seu filho. Este ato auxilia o seu bem-estar físico e emocional, sendo até considerado, um antidepressivo natural. É um apoio para a sua recuperação, ajudando o útero a contrair e a voltar ao lugar e facilita a perda do peso acumulado ao longo da gravidez. Ao amamentar, o corpo liberta hormonas, como a oxitocina e a prolactina, que ajudam a mãe a sentir-se feliz e bem consigo própria, reduzindo o stress, ao mesmo tempo que ajudam na regulação do sono, sendo caso para dizer que, ao contrário do esperado, as mães que amamentam dormem melhor e por mais tempo. Com a minha segunda filha, fiz os possíveis para garantir que a amamentação fluía, para isso, informei-me com antecedência e rodeei-me de pessoas que me podiam ajudar de verdade. Ao contrário da primeira experiência, que me causou muita ansiedade, com a Laura este passou a ser um momento nosso, que me ajuda a relaxar, a criar um vínculo mais forte com a minha filha e a sentir-me mais confiante e segura com a maternidade.

Dica 3 – Comer bem!

Muitas mulheres recorrem a dietas restritivas no pós-parto, com o objetivo de recuperar a forma anterior.  Nesta fase, especialmente se estivermos a amamentar, o corpo precisa de bastante energia extra. Opte por alimentos saciantes, como leguminosas, hidratos de carbono, de preferência integrais,  frutas e legumes como o abacate, rico em ómega 3, sendo um dos alimentos mais completos. Tenho sempre por ter estes alimentos por perto e peço ao meu marido para que me ajude de manhã, deixando já alguma fruta cortada em pedaços no frigorífico. Assim, na hora da fome, mesmo ocupada com a minha bebé, resisto a tentações e tenho à mão alimentos mais saudáveis.

Dica 4 – Beber muita água!

A água é fundamental para o organismo, mas, no pós-parto, e com todos os cuidados necessários ao bebé, é fácil cair no esquecimento. E, se está a amamentar, pode ainda sentir mais sede. A melhor forma que encontrei para enfrentar este problema, foi ter sempre garrafas a jeito. Sofá da sala,  mesa de cabeceira, cozinha ou numa mesa junto ao cadeirão onde normalmente amamento. Tenho sempre em casa garrafinhas de água nos locais onde passo mais tempo com a Laura, assim, não há desculpas!

Dica 5 – Snacks

Assim como como faço com a água, também faço com snacks. Sempre saudáveis. Por vezes, torna-se muito mais desconfortável desfrutar da amamentação calmamente e sem olhar para o relógio, se sentir fome e não tiver comida por perto. Costumo optar por frutos secos, que além de energéticos e saudáveis, ajudam a prevenir a depressão pós-parto. Um dos meus segredos durante os primeiros meses de pós-parto sempre que me apetece um doce são as tâmaras, pois são extremamente ricas em açúcares naturais e ótimas para restabelecer a energia, sem recorrer a doces ou chocolates.

Dica 6 - Pedir ajuda

Não podemos fazer tudo sozinhas e devemos ter esta máxima bem presente em mente! O bebé precisa de nós a 100%, o que pode ser bastante desgastante nos primeiros meses. Por isso, há que delegar outras tarefas e pedir ajuda. Podemos, por exemplo, pedir a amigos, familiares, ou mesmo alguém específico para realizar as tarefas que mais precisamos. Perdeu-se um pouco o respeito pelo pós-parto, fase em que a mãe necessita apenas de estar próxima e disponível para cuidar do bebé. Para isso poder acontecer, mais pessoas precisam ajudar nas restantes obrigações. A gravidez é a fase ideal para nos prepararmos para os primeiros meses do bebé, garantindo que teremos o apoio necessário.

Dica 7 – Babywearing

Nos primeiros meses do bebé, especialmente nos 3 primeiros meses, seria ideal que a mãe carregasse sempre o bebé consigo, que dormisse com ele, perto dele. Cientificamente isto está comprovado. É apenas deste modo que a amamentação funciona bem, que o corpo recebe a informação necessária para produzir o leite. Mesmo não amamentando, desperta no bebé o sentido de proximidade da mãe, libertando desta forma hormonas muito importantes para o seu desenvolvimento, como a ocitocina. Todos sabemos, no entanto, que isso não acontece. O nosso ritmo assim o exige. Existem, felizmente, meios que simplificam essa proximidade e que nos permitem andar com o bebé e ter de igual forma as mãos livres para as tarefas do dia-a-dia. Para mães como eu, com dois filhos, isto ainda se torna mais importante. Os slings de argolas, os panos e as mochilas ergonómicas são formas simples e naturais de carregar o bebé junto a nós. Quando o fazemos, está comprovado que os bebés choram com menor frequência, sofrem menos cólicas, dormem melhor, e que as mães se sentem, naturalmente, mais calmas e felizes. Por cá resultou, temos uma bebé que dorme horas e horas seguidas junto a mim, o que me deixa mais liberta para brincar e cuidar do meu filho mais velho.

Dica 8 – Confiar no nosso instinto maternal

Esta é a dica mais valiosa! Confiar em nós. Tudo o que precisamos saber, está dentro de nós. Vão surgir palpites, opiniões diversas, críticas, olhares reprovadores, palavras sábias vindas de todas as direções. O mais sensato será ouvir o que nos diz o coração, porque ninguém irá conhecer melhor o nosso filho. As mães sabem.

Andreia Davide
No Colo da Mãe
www.nocolodamae.com
https://www.facebook.com/vemparaocolodamae
https://www.instagram.com/no_colo_da_mae

Produtos sugeridos

  • 23477Densi-Solutions - Champô densificador00DercosHAIR CAREChampôCuidado redensificador
    {Produto_Nome}

    Dercos

    Densi-Solutions - Champô densificador

    Champô

    Champô densificador para cabelo fino e enfraquecido. Purifica o couro cabeludo e revitaliza o cabelo. Fortalece a fibra capilar, para cabelo mais suave e visivelmente mais espesso*

  • 21318Peeling Noite53NewIdéaliaFACE CARECuidado de NoiteAnti-Envelhecimento

    Novo

    {Produto_Nome}
  • 21459Sérum53IdéaliaFACE CARESérumAnti-Envelhecimento
    {Produto_Nome}
  • Outros artigos sugeridos

    3 Snacks saudáveis e práticos para o Inverno

    Rosto

    3 Snacks saudáveis e práticos para o Inverno

    Com a chegada do frio, a comida de conforto volta também à ordem do dia e fica cada vez mais difícil resistir ao aroma perfumado e  quente dos bolos que saem do forno ou das bolachinhas que acompanham o chá a ferver.

    ler artigo

    go to top