OK

OK Cancelar

Obrigado

Fechar
Previous

MEDICAMENTOS QUE CAUSAM QUEDA DE CABELO

Previous

MEDICAMENTOS QUE CAUSAM QUEDA DE CABELO

As causas da queda de cabelo incluem medicação

A queda de cabelo diária é completamente normal e em média uma pessoa perde 50 a 100 cabelos por dia. Alopecia é o nome dado à queda de cabelo significativa que ultrapassa os números em cima.
As causas da queda de cabelo incluem fatores genéticos, ambientais e hormonais, no entanto alguns medicamentos também podem causar como efeito secundário. Este fenómeno é conhecido como alopecia induzida por fármacos.

Os diferentes mecanismos de ação dos medicamentos que causam queda de cabelo

Existem diversos medicamentos que causam queda de cabelo, tanto repentina como gradual, difusa ou localizada, e estas interferem com o ciclo capilar de diferentes formas. Certos medicamentos podem acelerar a transição da fase de crescimento (anagénica) para a fase de estagnação (telogénica) do ciclo capilar. Este é o caso dos interferões, por exemplo (ver em baixo). O effluvium telogénico, como é conhecido, provoca uma queda de cabelo abundante e difusa que ocorre entre 2 a 4 meses depois de tomar a medicação. 

Por outro lado, alguns medicamentos podem interromper prematuramente a fase de crescimento do cabelo. Neste caso, a queda de cabelo é muito mais abundante do que no caso anterior e ocorre passado alguns dias ou semanas depois do início do tratamento. Este fenómeno é conhecido como effluvium anagénico.

Que medicamentos causam queda de cabelo?

A causa mais comum queda de cabelo induzida por medicamentos é a alopecia induzida pela quimioterapia. De facto, vários tratamentos contra o cancro provocam uma queda de cabelo parcial ou total (effluvium anagénico, tipo de queda) por interferirem com o processo de divisão celular (mitose) das células dos folículos capilares. 

Em alguns pacientes, os interferões usados no tratamento da hepatite C ou da esclerose múltipla podem também causar queda de cabelo do tipo effluvium telogénica. 

Os imunossupressores também podem causar diferentes formas de alopecia. O cabelo pode cair em tufos com um padrão similar observado em alopecia areata. Por outro lado, muitos imunossupressores como ciclosporina podem desencadear hipertricose. 

Outros medicamentos que podem causar queda de cabelo em alguns casos são: estatina usada no tratamento do colesterol; antifúngicos; antidepressivos; antiepilépticos e litío, que são também utilizados contra a depressão e distúrbios de humor. No entanto, a queda de cabelo é rara com estes medicamentos.

Como parar a queda de cabelo induzida por medicamentos?

A queda de cabelo induzida por medicamentos não é uma causa para preocupação tendo em conta que é quase sempre reversível com o crescimento capilar a voltar ao normal dentro de semanas ou meses após o término do tratamento. De facto, em alguns casos de tratamentos prolongados, o corpo pode se adaptar e o cabelo volta a crescer normalmente enquanto o paciente ainda está a realizar o tratamento. 

Existem dezenas de medicamentos que podem causar queda de cabelo. A vista a um médico ou dermatologista é aconselhada mal os sintomas começem.

Existem diversos medicamentos que causam queda de cabelo como um dos seus efeitos secundários. A queda de cabelo normalmente cessa uma vez que o tratamento tenha terminado.

HUB_CONTENT_DHSC_CONTENT_06_Medications_that_cause_hair_loss.jpg