OK

OK Cancelar

Obrigado

Fechar
Previous

Como lidar com a queda de cabelo no pós-parto?

Previous

Como lidar com a queda de cabelo no pós-parto?

Qual é a origem da queda de cabelo no pós-parto?

Durante a gravidez, o corpo da mulher produz uma quantidade elevada de estrogénio, que sinalizam mais folículos capilares para entrarem na fase de crescimento (fase anágenica) do ciclo capilar. Os cabelos ficam então "presos" na fase de crescimento. Após o parto, o reequilíbrio hormonal, e o decréscimo associado dos níveis de estrogénio, desencadeiam uma evolução para a fase telogénica (ou repouso) que produz uma queda de cabelo significativa nos 2-3 meses seguintes. Este acontecimento é conhecido por ser uma das principais causas da queda de cabelo nas mulheres.

Apesar da queda de cabelo pós-parto poder durar vários meses, o fenómeno é completamente normal e reversível.

Felizmente, na maioria dos casos, a queda de cabelo pós-parto é temporária e o cabelo começa a crescer normalmente passados 6 a 8 meses. Apesar da queda de cabelo pós-parto não necesitar de um tratamento médico, uma dieta rica em ferro e vitaminas pode ajudar a abrandar este tipo de queda e cabelo e promover o crescimento do mesmo.
A American Pregnancy Association recomenda por exemplo:

  • Complexo de Vitamina B e/ou Biotina (Vitamina B7)
  • Ferro
  • Vitamina C
  • Vitamina E
  • Zinco
  • Ómega 3 e Ómega 6 - assim como vitaminas, peixe ou óleo de linhaça podem ser benéficos, tendo em conta que restabelecem os níveis ideais de ácidos gordos e também promovem um cabelo saudável.

          Reduzir o Stress

          Assim como as mudanças de estrogénio no período de pós-parto, o stress e a falta de sono - que fazem parte da realidade das recém mães - são também causas da queda de cabelo nas mulheres. Técnicas de relaxamento ou exercícios de respiração, quando e se tiver disponibilidade, podem ajudar. Exercício fisíco regular suave a moderado também é recomendado.
          A depressão pós-parto não deve ser ignorada, e deve falar com o seu médico ou profissional de saúde se se sentir altamente ansiosa ou sobrecarregada nas semanas ou meses pós-parto.

          Styling de Cabelo e Rotinas de Cuidado de Cabelo

          Independentemente do comprimento do seu cabelo, escovar intensamente o cabelo e certos procedimentos devem ser evitados, de forma a evitar a queda de cabelo em grande quantidade, assim como certos penteados que puxam o cabelo (como apanhados apertados e tranças). Procedimentos
          agressivos, como colorações capilares ou permanentes, rolos aquecidos ou pranchas de alisar, também devem ser evitados.

          Um couro cabeludo saudável é importante para um crescimento de cabelo saudável, por isso consulte o seu dermatologista.

          Um châmpo anti-queda que contenha vitamina B também pode ajudar.

          Questões Médicas

          Embora a queda de cabelo pós-parto seja uma parte natural na recuperação do parto, uma visita ao dermatologista ou médico é aconselhada, se a queda de cabelo persistir durate um período de tempo mais alargado. 

          Como foi mencionado, a queda de cabelo no pós-parto não persiste no tempo a não ser que certas questões médicas estejam envolvidas, como carência de ferro ou distúrbios na tiróide. Alguns dos medicamentos recomendados podem não ser viáveis durante o período de amamentação. Neste caso, suplementos vitamínicos podem ser tomados, se forem aconselhados por profissionais de saúde.

          A queda de cabelo pós-parto é uma parte natural na recuperação do parto

          HUB_CONTENT_DHSC_CONTENT_14_How_to_treat_post_partum_alopecia.jpg