getGeoIPCountryCode = SiteAppCode = PT Test : 'PT/'

OK

OKCancelar

Obrigado

Fechar

Os 7 superalimentos da época natalícia para comer todo o ano

Os 7 superalimentos da época natalícia para comer todo o ano
  • Favoritos

O mês de dezembro é muito ligado aos excessos, desde a consoada até ao ano novo. No entanto, saiba que há alimentos da sua mesa de Natal que podem estar na sua dieta o ano inteiro.Sabia que o bacalhau tem a capacidade de aumentar os seus níveis de felicidade? Ou que as passas podem fazer mais do que contar os seus desejos de ano novo? Descubra tudo sobre os 7 ingredientes clássicos desta quadra que são mais benéficos do que parecem à primeira vista.

1- Bacalhau – um motivo para sorrir

O bacalhau faz parte da história dos portugueses e é uma presença constante à mesa, de janeiro a dezembro. Mas este protagonista da noite de natal tem algumas surpresas reservadas na manga. Na verdade, é um ótimo ingrediente para a sua saúde e bem-estar.  Forte em proteína de elevada qualidade, uma excelente fonte de selénio ou de vitamina B12, o fiel amigo destaca-se também pela presença do aminoácido essencial triptofano, que por ser um precursor da serotonina, um neurotransmissor que regula o humor e condição psicológica, pode até um efeito positivo na forma como enquadra esta quadra, tornando-a mais animada. E, curiosamente, atua ainda melhor em fases de maior stress. Por isso, se esta é para si uma fase de trabalho complicada ou se as compras a têm levado ao cansaço, aposte no bacalhau e entre no novo ano mais feliz.

2- Azeite – Aumente as defesas do organismo e da pele

O azeite tem sido motivo de discussão constante ao longo dos anos. Isto porque apesar das suas vantagens, é no fim de contas uma gordura, ainda que não saturada. Porém, esta continua a ser a melhor opção dentro da sua categoria. Deve consumir azeite regularmente? Sim, sem dúvida, desde que de forma regrada. Este presente da terra que há muito apaixona os portugueses e restantes povos mediterrânicos tem a capacidade de reduzir a pressão arterial e de melhorar a circulação sanguínea, trazendo benefícios para o organismo e claro, para o combate ao envelhecimento cutâneo. Por fim, atua ainda como um anti-inflamatório e no combate aos tão indesejados radicais livres.

3- Couve portuguesa - um boost nutricional baixa em calorias

A, C, B1, B2, Ferro, Cálcio, Magnésio ou Potássio. Pense numa vitamina ou mineral e, provavelmente, estará presente na couve portuguesa. É consumida no famoso cozido à portuguesa e no caldo-verde e em outros ex-libris da gastronomia nacional. Durante as festas, é confecionada da melhor maneira, cozida, de preferência a vapor, de forma a usufruir de todas os seus benefícios. É das hortaliças com melhor ratio calórico, contendo apenas 25 calorias em cada 100 gramas. Para além do aporte nutricional, é um alimento que lhe dá a sensação de estar saciada, o que limita a ingestão de outros alimentos menos benéficos - por isso não tenha medo de abusar da couve nestas entradas.

4- Frutos secos - Gorduras boas

Nozes, pinhões, amendoins. Nenhuma mesa de natal está completa sem estes ingredientes-chave e até o famoso bolo-rei precisa destas oleaginosas. No interior destes frutos há óleos que se encaixam nas chamadas ‘gorduras boas’, já que são monoinsaturadas. Além disso, estes frutos do Natal têm vitaminas B1, B5, B9, B2, E e minerais, como o ferro, zinco, magnésio, fósforo, selénio e cobre. Não entre em 2018 sem levar consigo mãos cheias destas bombas de nutrientes!

5- Chocolate negro - guloso e saciante

Substitua os habituais chocolates de leite por este delicioso ingrediente, cumprindo contudo algumas regras. Sim, é uma troca mais saudável e menos prejudicial ao seu organismo, no entanto, tal como em várias outras substituições, nunca deverá ser cometida em excesso. O chocolate negro é rico em magnésio e a grande quantidade de polifenóis tornam-no um bom antioxidante, mas continua a ter na maior parte dos casos níveis elevados de açúcar e gordura, pelo que deve ser ingerido com moderação. Mas quando a tentação for mais forte, aposte nesta delícia negra: vários estudos demonstram que pode ter um papel positivo na prevenção de doenças cardiovasculares.

6 - Canela: A especiaria reconfortante

A especiaria favorita dos doces natalícios é, sem dúvida, um elemento a manter na sua mesa de natal. Apura o olfato e ambienta a casa para um quadro familiar reconfortante. A canela contém propriedades antimicrobianas - quer isto dizer que é capaz de eliminar bactérias e fungos, prevenindo de forma natural infeções e inflamações. Não obstante, como esta acaba por ser utilizada em doces mais calóricos, é importante saber como realmente a pode utilizar: no café, em chás, fruta assada, iogurtes, batidos ou até nos purés de fruta.

7- Passas: A energia certa

Nem todas as pessoas são fãs de fruta desidratada e há muita gente que revira os olhos só de pensar nas 12 passas do reveillon. No entanto, é uma ótima solução para quem não quer abrir mão dos doces no natal.  As passas vão dar-lhe a energia necessária para enfrentar o regresso ao trabalho depois das festas através dos seus açúcares naturais, como a frutose e a glicose. Para além disso, através do seu grande nível de fibras, vai gostar de saber que ainda potenciam o funcionamento da sua digestão, o que pode dar jeito nesta altura de maiores excessos.

Produtos sugeridos

  • {Produto_Nome}

    Idéalia

    Peeling Noite

    Creme cuidado de noite
  • Best-seller

    {Produto_Nome}
  • Novo

    {Produto_Nome}
  • Outros artigos sugeridos

    6 alimentos ricos em ferro que deve ter sempre em casa

    Rosto

    6 alimentos ricos em ferro que deve ter sempre em casa

    O ferro é um mineral famoso no campo da nutrição, mas os seus benefícios podem surpreender e modificar a forma como sente os seus dias. Conheça os alimentos que não poderá prescindir da sua lista de supermercado e das suas refeições saudáveis.

    ler artigo

    go to top