OK

OK Cancelar

Obrigado

Fechar

Menopausa no local de trabalho: não tem de ser tabu

  • Favoritos

A Menopausa acontece normalmente numa fase crítica da vida profissional. Conheça 4 dicas para tornar o tema mais fácil.

Menopausa no local de trabalho: não tem de ser tabu

Sabia que a menopausa dura entre 7 a 14 anos? E que acontece frequentemente numa fase crítica da carreira profissional – entre os 45 e os 55 anos, o intervalo etário em que as mulheres têm maior probabilidade de assumir cargos de chefia? Embora seja um período vivido por todas as mulheres (e pelos homens, no caso da andropausa), a menopausa não é um tema presente nas conversas no local de trabalho.

Se, por um lado, poderá ser perceptível que assim o seja dado o teor mais íntimo do assunto, por outro é cada vez mais importante ter presente que a maior parte das horas úteis do dia a dia são passadas precisamente em ambiente laboral. É fundamental existirem relações e conexões pessoais, de confiança e de empatia, com as pessoas com quem está pelo menos 8 horas por dia, para que esse mesmo ambiente seja saudável.  

Ora, são precisamente essas pessoas que fazem parte do seu círculo mais próximo, provavelmente da sua equipa de trabalho ativa, que precisam de saber o que está ou não a acontecer consigo. É uma mudança sua, mas que pode ter impacto na dinâmica de grupo. Já pensou que poderá estar alguém a passar pelo mesmo?

Normalizar as conversas sobre a menopausa no local de trabalho irá garantir equipas mais fortes e preparadas e, possivelmente, com melhores resultados. Por isso mesmo, deixamos-lhe 4 etapas-chave para tornar o tema mais fácil para si e/ou para quem a rodeia:

  • Fale sobre o assunto (especialmente se coincidir com uma fase importante da sua carreira): ao normalizar os desafios que está a atravessar, outras mulheres poderão identificar-se com o seu caso e também poder-se-ão sentir mais à vontade para partilhar as suas experiências.

  • Pesquise sobre o tema: há ainda muita desinformação associada a esta fase, pelo que saber e poder partilhar factos seguros de fontes médicas é extremamente importante.

  • Esteja atenta: se tem colegas entre os 45 e os 55 anos que aparentam estar a passar por sintomas associados à menopausa, procure saber se precisam de ajuda ou simplesmente de falar sobre o assunto. O facto de ser um período vivido em simultâneo, em muitos casos, com a ascensão profissional, faz com que alguns dos seus sintomas possam ser confundidos (às vezes pela própria pessoa) com um pico de maior stress, como a depressão, ansiedade, dificuldade em dormir, entre outros. Falar sobre o tema poderá ajudá-la a agir conforme a situação e a não ignorar as mudanças que poderá estar a sentir.

Lembre-se sempre, por exemplo, da gravidez - é um período com muitas mudanças hormonais para a mulher, que é reconhecido (até por ser visível) pelos  colegas de trabalho, sendo absolutamente comum falar e reagir ao mesmo. Aqui, a diferença é apenas a invisibilidade para os olhares menos atentos.

  • Não tenha vergonha: todas as mulheres vão sentir ou passar pela menopausa. É perfeitamente normal sentir-se mais ansiosa, mas é através da partilha da sua experiência que todo o assunto normaliza.

Dica Vichy: Conheça os cuidados vichy indicados a partir da menopausa adequados para esta fase da sua vida. Afinal, sentir-se mais bonita fará toda a diferença no seu dia-a-dia e será também uma experiência a partilhar com as suas colegas de trabalho. Porque as boas dicas são para isso mesmo: partilhar. Espreite no site da Vichy várias informações sobre menopausa e também os melhores cuidados.

Outros artigos sugeridos

go to top