OK

OK Cancelar

Obrigado

Fechar

Como é que a menopausa afeta a sua pele?

A perda de firmeza e secura são alguns dos sintomas mais frequentes no que diz respeito a pele na menopausa. As nossas especialistas explicam o que acontece e como pode contrariar estes efeitos.

Como é que a menopausa afeta a sua pele?

Mudanças de humor, afrontamentos, líbido mais baixa, falta de disposição para fazer atividades que gosta e uma montanha russa de emoções. São estes alguns sinais da menopausa, além do mais óbvio, a amenorreia (ausência de menstruação) e com eles chegam algumas mudanças também na sua pele.

Não tem de ser um bicho de sete cabeças, mas é importante que esteja preparada para lidar com este momento e saiba exatamente o que pode esperar. Quais são as mudanças que vai sentir na sua pele? E porque é que a menopausa causa esses efeitos? Há forma de os contrariar? As especialistas da Vichy respondem a todas estas questões, para que possa receber a menopausa sem medos e retardar o envelhecimento da sua pele.

O que acontece à pele durante a menopausa?

Tal como o corpo, também a sua pele vai sentir algum impacto durante a transição para a menopausa, quando os ovários pararem de produzir estrogénio e progesterona. Durante a pré e na pós menopausa, são várias as mulheres que notam diferenças na estrutura da face, e sentem a pele mais fina. Muitas vezes há também momentos em que pode tornar-se mais seca, sensível, com alguma comichão e, em certas situações, pode até mesmo surgir algum acne.

Mas não é só a perda de estrogénio que tem impacto nas mudanças que acontecem nesta fase. Depois de estudos realizados em milhares de mulheres por todo o mundo, os especialistas concluíram que existe uma outra hormona que vai deixando de ser produzida pelo organismo durante a menopausa e que tem consequências para a pele.

Falamos da DHEA (ou desidroepiandrosterona), que é naturalmente produzida pelo corpo e que está diretamente relacionada com o envelhecimento da pele. Isto porque entre os vários processos que a nossa pele passa para se manter mais jovem, 38 dependem diretamente desta hormona. No momento em que as mulheres chegam à menopausa, o seu organismo deixa de produzir esta hormona e o corpo perde cerca de 90% deste composto. Ainda segundo os especialistas, quando é utilizado um produto com este composto na pele, atua na produção de colagénio, na espessura dérmica, na hidratação e no sebo, e ajuda a combater estas mesmas mudanças.

Porque é que a pele fica seca durante a menopausa?

Está tudo diretamente relacionado com a perda de DHEA e de Estrogénio. A pele que em tempo se mantinha hidratada naturalmente graças à sua própria produção de sebo, torna-se progressivamente mais seca e até irritada dada a quebra na produção tanto de sebo como de lípidos, que sofrem um decréscimo de cerca de 57% e que são essenciais para a manter nutrida. É por isso que os dermatologistas aconselham uma rotina que compense esta quebra, apostando em cuidados mais nutritivos e ricos tanto de manhã como à noite, de maneira a reparar e proteger a barreira protetora da pele, que a defende contra as agressões externas.

Porque surge acne durante a menopausa?

Enquanto que a pele seca e a perda de firmeza são algumas das maiores queixas das mulheres nesta fase, durante a menopausa podem surgir algumas crises de acne. Sim, essa mesma, aquela que a atormentou durante anos na juventude. Tudo isto acontece porque o estrogénio e a progesterona desempenham um papel importante no que toca a regular a produção de andrógenos, isto é, as hormonas masculinas responsáveis pela produção de sebo.

Ora, se na menopausa há uma quebra na produção destas duas hormonas, quer dizer que o corpo vai estar a produzir andrógenos em excesso, o que leva à acumulação de sebo na epiderme, que desencadeia a acne.

Se isso acontece, deve adotar uma rotina de cuidados que ajude a tratar esta acne, combinando a utilização de um gel de limpeza diária com uma máscara e um esfoliante uma a duas vezes por semana, de forma a limpar o excesso de sebo que se acumula na pele. Ao mesmo tempo, aposte num cuidado diário com fator de proteção solar, já que o sol pode agravar a acne. Se o problema persistir, o ideal é visitar o seu dermatologista.

Como deve cuidar da pele durante a menopausa?

Para as suas novas rotinas, deve optar por cuidados que sejam ricos em DHEA, a tal hormona que o corpo vai deixando de produzir, que vai ajudar a pele como que a “desligar” o botão do envelhecimento precoce. Procure também ativos que sejam nutritivos e que ajudem a pele a não se tornar mais fina e seca durante esta fase.

O Pro-xylane, obtido da xilose natural, reforça a coesão entre as moléculas e a epiderme de forma a que, juntas, consigam garantir a firmeza da pele e a reduzir as rugas. Procure também por produtos com ingredientes que estimulem a produção de lípidos, que neutralizam o decréscimo na produção de sebo, como o Hedione. Além disso, e como em todas as fases da vida, a pele seca beneficia da utilização de cuidados com ingredientes ativos hidratantes como o Ácido Hialurónico e a Glicerina, para manter a secura, irritação e comichão bem longe da sua pele.

Outros artigos sugeridos

Como perder barriga na menopausa

Pele & nutrição

Como perder barriga na menopausa

O período da menopausa na vida da mulher traz um grande risco de ficar com sobrepeso e obesidade devido às alterações hormonais que ocorrem no corpo. Descubra como evitar isso!

ler artigo

Alimentação na menopausa

Pele & nutrição

Alimentação na menopausa

A menopausa afeta as mulheres com uma série de sintomas incontroláveis. Seguir uma alimentação saudável na menopausa pode reduzir estes sintomas.

ler artigo

go to top

Skinconsult

DIAGNÓSTICO DE PELE BASEADO NUM ALGORITMO DE ENVELHECIMENTO DESENVOLVIDO COM DERMATOLOGISTAS E INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

1 minuto
para analisar
a tua pele

Tira uma selfie

Preenche o perfil

Descobre a tua rotina de skincare personalizada

Linhas finasA tua força
Rugas dos
olhos
A tua prioridade
Falta de firmeza

Faz um
Diagnóstico de pele

circle1circle2circle3circle4