OK

OK Cancelar

Obrigado

Fechar

Derme superficial ou papilar

Parte da derme superficial situada entre as diferentes cristas epidérmicas determinadas pelas ondulações da junção dermo-epidérmica. É formada por tecido conjuntivo. As fibras elásticas e as fibras de reticulina aqui são muito numerosas. É igualmente rica em pequenos vasos (capilares) e em terminações nervosas.

derme_superf_GP

Au cœur du derme

A derme é um tecido conjuntivo situado entre a epiderme e a hipoderme. É constituída por um gel no qual se banham os fibroblastos, as fibras de colagénio e de elastina e outras moléculas de estrutura. A espessura da derme aumenta do decorrer da infância e da adolescência onde fica estacionária e, perto dos 50 anos, começa a diminuir. A derme é constituída por 2 camadas: a derme superficial e a derme profunda. A derme está fortemente irrigada pelos vasos e, para além do seu papel de apoio (assegurados pelas fibras de colagénio e de elastina), desempenha um papel  nutritivo importante. Está também relacionada com a termorregulação, a cicatrização e também com a eliminação dos dejectos (através do suor que contém ureia.

Índice da pele