Notificação de Newsletter

Quero manter-me informado/a de todas as novidades da marca

  • research
  • Points de vente
  • newsletter
  • My Skin

Queda de cabelo nos homens: porque ocorre e o que pode fazer para a evitar

Começa por cair sem parecer alarmante até que, ao percorrer o couro cabeludo, com a mão, se sente a falta de densidade capilar ou, até, uma falha significativa.

A grande causadora deste problema chama-se Alopecia Androgenética, comummente conhecida por Calvície, e sabemos que afecta a vida de cerca de 69% dos homens portugueses*. Por isso mesmo, passamos a explicar-lhe em que consiste este problema e a apresentar-lhe quatro truques para que possa minimizar e (sobretudo!) prevenir a queda de cabelo.
A Alopecia Androgenética pode manifestar-se de diferentes formas e em qualquer idade. Há um enfraquecimento dos fios e depois, numa fase mais avançada, começam a aparecer falhas na região da frente do couro cabeludo e nas laterais. E, dependendo do estágio, a pele pode começar a aparecer. As causas da queda de cabelo podem estar relacionadas com vários factores como a sazonalidade, o stress extremo ou a saúde de cada um. É, por isso, fundamental que, antes de iniciar qualquer tratamento ou procedimento para combater este problema, consulte um especialista que faça um correcto diagnóstico e o aconselhe personalizadamente. Mas há alguns procedimentos que pode adoptar, a par da boa pesquisa e recomendação. Comece já hoje a prevenir o agravamento do problema:

#Alimente os seus folículos

Uma dieta nutritiva adequada e o bom funcionamento do sistema endócrino são vitais para a saúde dos folículos capilares. Aqui, os alimentos proteicos têm um papel fundamental. Decerto que já lhe disseram que este tipo de ingredientes deve ser o preferido nos períodos de pré e pós treino físico, por promover o crescimento celular. É, aliás, por isso que deve utilizá-los no combate à queda de cabelo, pois irão fazer ao seu cabelo o mesmo que fazem aos músculos. Introduza os ovos na sua dieta enquanto suplemento alimentar, pois, para além da proteína necessária, são ricos em Ferro, Vitamina C e Zinco.

#Respeite o seu couro cabeludo

A lavagem demasiado frequente e a coloração capilar podem danificar os folículos e tornar o cabelo mais fraco e quebradiço. Mas há outros erros que pode estar a cometer. Evite esfregar a toalha turca no couro cabeludo, pois a fricção irá puxar os fios e parti-los. Se costuma secar o cabelo com secador, programe a função de “frio” e previna os danos provocados pelo calor. E, claro, tal como a pele, o couro cabeludo não deve ser exposto à luz solar forte, pois irá ficar seco e danificado.

#Durma mais

Vários estudos clínicos concluem o mesmo: as lacunas do sono podem provocar ou acelerar a queda de cabelo. O sono regenera todo o corpo e é essencial para impulsionar o sistema imunológico, o equilíbrio hormonal e a resistência. Durma bem e combata o stress.

#Enerve-se menos

Quanto mais esconder e guardar “só para si” um problema, maior ele irá parecer. Pelo menos, a nível interior, o stress aumenta, a preocupação atinge níveis estrondosos e quando der por si estará a questionar-se por várias razões e a aumentar, ainda mais, a queda de cabelo. Estudos recentes indicam que a tendência de isolamento social ou a de questionamento sobre aquilo que os parceiros ainda sentem em relação a si são actos e dúvidas frequentes de quem sofre com a perda de cabelo. Deve por isso partilhar as suas inseguranças com alguém próximo e, fundamentalmente, com um especialista.

*Dados retirados do estudo realizado para o mês da saúde capilar de 2015

O nosso produto icónico

Mais lidos

go to top