A marca Vichy está empenhada em preservar a confidencialidade dos dados pessoais que você transmite através deste formulário. Os dados pessoais recolhidos através deste formulário estão sujeitos a um tratamento concebido exclusivamente para Vichy, para efeitos de gerir o seu registo e gestão de orientação ao consumidor. Sob este tratamento, concordo que meus dados são transferidos em subsidiárias no exterior da UE, alguns deles não têm um nível adequado de protecção na acepção da Lei de Protecção de Dados e Liberdade.

Tem o direito de excluir dados de acesso, rectificação e oposição que lhe dizem respeito. Você pode exercer esse direito, a qualquer momento, enviando um e-mail para  servico.consumidor.lop@gmail.com

Pode consultar a qualquer momento o seu Política de protecção de dados pessoais e as nossas Menções Legais.

OK

OKCancel

Couro cabeludo sensível: conheça os 4 sinais

Diariamente, muitas pessoas sofrem com a sensação de formigueiro, ardor, tensão e comichão no couro cabeludo. No entanto, são poucas as que se apercebem de que estes são os quatro sinais que indicam a existência de uma pele sensível. Com 230 receptores por cm², não é surpreendente que o couro cabeludo- que é uma concentração de milhares de terminações de vasos e nervos- seja hipersensível. Mas é importante saber que tipo de couro cabeludo possuímos para não agredirmos a nossa pele nem o nosso cabelo.

Sensação de formigueiro:

Um dos principais sinais de um couro cabeludo sensível é a sensação de formigueiro, que se espalha por toda a cabeça. Pode ser provocada por várias razões, as mais comuns devem-se à poluição ou a uma reação a um produto capilar. E este último ponto não inclui apenas  shampoo, condicionador ou produtos de styling, mas também-e principalmente-, coloração. Por isso, é muito importante testar sempre antes de aplicar, numa pequena área da pele, para verificar se há algum tipo de reação (normalmente, deve experimentar-se na parte de trás do pescoço).

Sensação de ardor:

Um couro cabeludo dorido ou quente é sinal de uma pele afectada e pode querer dizer que o processo natural de regeneração de células está com algum problema. Normalmente, o organismo encarrega-se de eliminar as células mortas, contudo, pode ocorrer uma desestabilização deste procedimento devido à escovagem mais agressiva, à utilização de pentes pontiagudos ou de acessórios que arranham o couro cabeludo. No fim, estes erros irão contribuir para a existência de uma sensação de ardor latejante.

Tensão / aperto:

Tal como se sente um aperto quando se estica a pele da cara, por exemplo, um couro cabeludo sensível pode desencadear a mesma sensação, mas no topo da cabeça. Este desconforto pode ser sinal de secura: a sua pele sente a ausência de hidratação e fica menos flexível. Contudo, ao contrário daquilo que faz na sua face, não é possível aplicar um creme hidratante nesta zona para restaurar a elasticidade da pele. Apenas os produtos de cuidado capilar poderão dar-lhe a solução que procura.

Comichão:

Embaraçosa, perturbadora e irritante, a comichão na cabeça pode ser um sintoma desencadeado por uma reação alérgica a algum produto capilar ou coloração. Mas também pode ser causado pelo uso excessivo de ferramentas de styling, nomeadamente:   ferros de esticar o cabelo, secadores ou ferros de encaracolar.
Se reconhece um ou mais destes quatro sintomas, tente adaptar a sua rotina de cuidado capilar, usando um shampoo específico para este problema e previna os sintomas de um couro cabeludo sensível.

O nosso produto icónico

Mais lidos

go to top